quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Primeiro Capítulo: Delaware- Diamond Beach


Olhando pela janela do carro, sei que ele está falando alguma coisa, mas nem ligo, só queria saber por que eu fiz aquilo.
Estava com meus amigos na escola quando o grupo de Tracy Nails apareceu. Ela não devia ter zombado ninguém, foi quando eu perdi o controle, ninguém me segurava, quando me dei conta já estava na diretoria com meus pais discutindo e o diretor assinando minha expulsão. No dia seguinte, eu já estava com as malas prontas a caminho de
Delaware- um estado minúsculo e deprimente que ninguém lembra. Ia estudar em um colégio interno, já que meus pais não aguentavam minhas atitudes inconsequentes e não me queriam por perto.
Agora mexo no rádio e continuo ignorando meu pai que está falando alguma coisa sobre responsabilidade e maturidade, mas a única coisa que penso é: aquela patricinha mereceu, espero que morra naquele hospital-eu sei que pareço uma louca, mas vocês não sabem pelo que eu passei.
Eu ia ir para Diamond Beach- não conhecem? Tudo bem eu também não. Era uma cidade com menos de 250 habitantes, provavelmente todos se conheciam.
-Nikki... Nikki- disse meu pai, me arrancando dos pensamentos- Já chegamos.
-Tem certeza que é aqui-eu disse olhando para aquele lugar depressivo e velho.
-Sei que você não ouviu nada do que eu falei, mas tente não arranjar problemas.
Nos dirigimos à diretoria sem falar nada um para o outro e assim que confirmamos minha matricula, eu me despedi de meu pai. Percebi que minha vida ia mudar completamente.

Quando dei por mim a secretária da diretoria me olhava de baixo para cima como se tivesse alguma doença.
-Irei chamar a inspetora de alunos para conduzi-la ao seu dormitório.
Assenti, mas não falei nada. Cinco minutos depois uma mulher gorda e sorridente me ajuda com as malas e me conduz ao corredor dos dormitórios.
-É sempre bom novos alunos- diz ela com um sorriso verdadeiro estampado no rosto- Você vai adorar este lugar, creio que você vai arrumar muitos amigos. Chegamos- diz ela abrindo a porta- Boa sorte.
Ela era otimista demais, foi estranho, mas eu gostei dela. Quando entrei no quarto, vi que era enorme e que vários móveis, mas o que mais me chamou a atenção foi a garota que estava deitada em uma das camas lendo.
-Oi, estava esperando por você- disse super animada- Minha amiga delinquente.
Não entendi se era sério ou se era sarcasmo, e respondi:
-Oi, Nikki Reid, prazer - disse estendendo a mão.
-Lucy Woods, sua nova melhor amiga.
Essas foram as únicas palavras que eu prestei atenção, ela continuou tagarelando enquanto eu arrumava minhas coisas.
Nas semanas que se seguiram eu continuei revoltada com a situação, a escola não era tão ruim e eu até comecei a gostar da Lucy, mesmo falando demais ela até que ela era legal. Na metade do mês, ela começou a me levar em festas porque dizia que eu ficava tempo demais no quarto e que precisava de novos amigos.

6 comentários:

adriano disse...

Ola nikki

Coloquei seu link no meu blog www.contosdevampiroseterror.blogspot.com
e obrigado por prestigiar o blog dos quatro elementos tbm ao qual eu participo.

Eu gostei da história.. cheio de suspense.
escreva sempre.
adriano siqueira

Nana B. disse...

Al salam aleikum

Retribuindo a visita, e deixando meu carinho.

Muito obrigado por ter sido tão gentil, e quero dizer que a partir de agora, terá uma amiga com que poderá contar sempre.

Tomei a liberdade de linkar seu blog ao meu.

BEIJOS...
SUCESSO...
NANINHA

Esyath disse...

Definitivamente parecido com Crepúsculo... mas há um certo antagonismo por parte da protagonista... em relação ao... rapaz.- rs.

Carla disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
方大同Khalil disse...

cool!:))AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛

Guerrilheiro das Palavras disse...

Uma sova histórica vc aplicou na Tracy para encaminhá-la com passaporte especial ao hospital. E para desejar a morte dela ela deve ter aprontado demais, vc não seria humana se não sentisse ódio ou raiva dela. Não é loucura. A mudança de ares talvez te faça bem neste novo colégio e a impressão depressiva se desmanche. Sua nova melhor amiga tagarela fez bem em te motivar a se enturmar e não se isolar no quarto. E quanto aos seus pais terem te deportado ao um colégio interno, foi cômodo para eles.